A EscolaAtividadesAstrovivênciaAstrológicaPegasusCosmosAtendimento
Direção e Coordenação: Robson Papaleo      
Home
Cursos
Programação
Calendário
Central de Pesquisas
GaiaBrasilis
CBA´s
Sextas na Gaia
Pátio do Colégio
Centro Cultural
Galeria
Quem Somos
Cadastro
Como Chegar
Fale Conosco
Artigos


Nível 3 / Intermediário


Prática do Aconselhamento Astrológico
Com Gregório J. P. Queiróz

Carga Horária: 50 horas
Modalidades
Extensivo: 20 aulas de 2 ½ horas
Cursão: Curso aos domingos / uma vez ao mês / 6 domingos / 10:00/18:00 hs
Pré-requisito: Nível 1 e 2

Esse curso visa preparar estudantes e astrólogos para atender pessoas em consultas astrológicas e ampliar a visão a respeito da relação entre astrólogo, cliente e Astrologia. Da interação destes três pólos atuantes em uma consulta, nasce aquilo que chamamos aqui de Aconselhamento Astrológico, isto é, o astrólogo não apenas fornece informação ao cliente, como também o ajuda a assimilar, administrar e interagir com as informações astrológicas, sejam elas de cunho prático ou psicológico.

Aula 1
Apresentação do curso. A Astrologia como educação, como aconselhamento e como terapia. Aconselhar é muito mais do que dar conselhos aos clientes. Os três estudos para se tornar um conselheiro razoável: aprender que há um aconselhamento intrínseco e presente na técnica astrológica, aprender a ouvir o cliente e aprender a reconhecer suas próprias expectativas diante do cliente.

Aula 2
Como a técnica astrológica traz embutido o aconselhamento. O estudo de diversas técnicas, principalmente a tradicional e a psicológica, e as perspectivas e conselhos a que elas induzem. Como separar as informações (resultantes da interpretação dos símbolos) dos conselhos que inadvertidamente se imiscuem.

Aula 3
Técnicas astrológicas e aconselhamento: embutindo fatalismo e livre-arbítrio; como fazemos isso sem perceber. Aprender a ser isento, nesse sentido, ao se colocar as informações astrológicas.

Aula 4
O conselheiro é antes de tudo o ser humano. A mera preparação técnica não faz do astrólogo um conselheiro. A coerência e ética do astrólogo nascidas na própria Astrologia. As expectativas do astrólogo interferindo na consulta. As crenças inconfessadas do astrólogo a respeito do cliente (do ser humano em geral e daquele cliente, em específico). O astrólogo como ser onisciente. O astrólogo como “arauto dos Céus”. As crenças do astrólogo a respeito da Astrologia.

Aula 5
Os tipos de aconselhamento: indicar um especialista, indicar uma instituição, indicar uma atividade, indicar leitura ou filme, indicar um talismã, indicar um comportamento ou indicar uma decisão. Os problemas de se indicar uma decisão. “Nossos limites pessoais são os limites de nossos conselhos”: terão mais efetividade as atividades que o conselheiro experimentou por si.

Aula 6
Quando utilizar os vários tipos de indicação no aconselhamento. Não há receitas, o conselheiro há de desenvolver sua sensibilidade, e considerar cada caso. Nenhuma indicação substitui a descrição da situação vivida pelo cliente, de modo que este participe do entendimento e da escolha do que fazer.

Aula 7
Os 4 elementos como balizas para o aconselhamento: os 4 tipos básicos e suas necessidades fundamentais. O astrólogo pode tender a: julgar o cliente, ser prático com o cliente, impressionar-se com o cliente, saber a verdade a respeito do cliente. O cliente pode precisar: ser motivado e “incendiado para o bem”, de dados práticos, de compreensão emocional ou de esclarecimento racional claro e límpido.

Aula 8
Prática de aconselhamento: os alunos trazem seus casos, seus atendimentos, a serem discutidos em aula.

Aula 9
Os diversos tipos de clientes, em especial os tipos difíceis de clientes.
Os clientes com pouca idade e a dificuldade para administrar as informações astrológicas. Os clientes com séria psicopatologia: o cliente dependente, o cliente deprimido, o cliente que não assume sua vida, o cliente que culpa aos outros, o cliente que quer ser violentado, o cliente que quer colo e atenção, o cliente-esfinge, o cliente desafiador da Astrologia, o cliente que veio seduzir o astrólogo. Como reconhecer possíveis psicopatologias e, brevemente, como lidar com elas.

Aula 10
Continuação, os diversos tipos de cliente, em especial: o cliente dependente. As disposições do astrólogo e do cliente para estabelecerem uma relação de dominação-dependência, e os prejuízos deste tipo de relação. Como proceder com clientes-problema. Os limites da relação de aconselhamento astrológico diante de pessoas com problemas emocionais e psicopatologia

Aula 11
Ouvir o cliente: as pessoas não têm noção nada clara de si mesmas, as pessoas mentem sobre si mesmas e para si mesmas, as pessoas querem causar impressão, as pessoas falam sem responsabilidade sobre o que falam. Ouvir o cliente por detrás de todas as aparências. Ouvir o cliente: considerar cada coisa que vem do cliente, seja palavra ou comportamento, exatamente como ela é. Se o mapa diz A e o cliente diz B, não forçar o encaixe; entender por que existe tal diferença. Aquilo que o mapa simboliza sempre está presente na vida da pessoa.

Aula 12
O uso dos símbolos astrológicos no aconselhamento: levar o cliente à sua realidade. Os 7 níveis de atuação de cada símbolo astrológico, em especial dos planetas, e suas possibilidades de realidade na vida da pessoa. Descrição dos 7 níveis para cada planeta.


Aula 13
Prática de aconselhamento: os alunos trazem seus casos, seus atendimentos, a serem discutidos em aula

Aula 14
A carta astrológica como espelho exato e acurado do indivíduo. A carta astrológica como representação simbólica do mundo como a pessoa o projeta, imagina ou sonha. É mesmo necessário aconselhar? Em que momentos da consulta aconselhar, quando o cliente pede ou quando nos dá na veneta? A diferença entre aconselhamento em uma consulta única e em um trabalho de acompanhamento astrológico.

Aula 15
A responsabilidade do cliente diante da consulta astrológica e da Astrologia: aplicar as interpretações dos símbolos astrológicos à sua pessoa, à sua vida; administrar a informação que recebe. Construir os conselhos juntos com o cliente. Como é a construção de um conselho

Aula 16
Prática de aconselhamento: os alunos trazem seus casos, seus atendimentos, a serem discutidos em aula

Aula 17
A consulta é verbal, a interpretação é verbal, o aconselhamento é verbal, acima de tudo. A importância de compreender a estrutura da linguagem verbal do cliente e do astrólogo. A necessidade de clareza na expressão verbal. O que é clareza na expressão verbal.

Aula 18
O poder transformador da Astrologia como modelo impessoal e universal. Como se faz presente este poder na lida com a Astrologia e em uma consulta astrológica. A leitura da carta astrológica como inserção do homem no cosmos. O astrólogo aplicando a Astrologia como ferramenta de auto-conhecimento para si próprio. A prática pessoal do astrólogo no sentido da auto-universalização.

Aula 19
Prática de aconselhamento: os alunos apresentam um atendimento feito a partir das proposições do curso. Parte I. 

Aula 20
Prática de aconselhamento: os alunos apresentam um atendimento feito a partir das proposições do curso. Parte II. 

Prática de Aconselhamento Astrológico 2
Com Gregório J. P. Queiróz
Carga Horária: 40 horas
Modalidades
Extensivo: 16 aulas de 2 ½ horas
Cursão: Curso aos domingos / uma vez ao mês / 4 domingos / 10:00/18:00 hs
Pré-requisito: Prat. Aconselhamento 1


Prática do Aconselhamento Astrológico 2
Com Gregório J. P. Queiróz
Carga Horária: 50 horas
Modalidades
Extensivo: 20 aulas de 2 ½ horas
Cursão: Curso aos domingos / uma vez ao mês / 6 domingos / 10:00/18:00 hs
Pré-requisito: Prática do Aconselhamento 1

Este segundo módulo do curso tem por finalidade levar os alunos à prática do aconselhamento no que se refere aos métodos de prognóstico. Serão abordadas as técnicas e a abordagem do aconselhamento, aplicadas a progressões, trânsitos e revolução solar.
De uma aula para outra, será sugerido ao aluno atender um cliente de carta astrológica, aplicando as informações colocadas na aula anterior.
O curso será eminentemente sobre a prática de consultório, da relação entre astrólogo e cliente.

Aula 1
A questão da previsão: como apresentar previsões para uma pessoa; os aspectos técnicos, filosóficos e éticos envolvidos. Colocação de alguns pontos a serem experimentados pelos alunos em sua prática de atendimento. Qual o enfoque a ser dado no trabalho com previsão: colocar a previsão de fatos fechados ou apresentação de potenciais dinâmicas a serem vividas e aproveitadas?
Trânsitos e aconselhamento: como abordar cada um dos planetas lentos.

Aula 2
Progressões secundárias e aconselhamento: como abordar a progressão do Sol, ASC, MC e Lua sobre o mapa radical.
Apresentação dos casos trazidos pelos alunos, de atendimentos efetuados a partir do material da aula anterior.

Aula 3
Revolução solar e aconselhamento: como abordar a interpretação da revolução solar, conjuntamente com os demais métodos de prognóstico.
Apresentação dos casos trazidos pelos alunos, de atendimentos efetuados a partir do material da aula anterior.

Aula 4
Apresentação dos casos trazidos pelos alunos, de atendimentos efetuados a partir do material da aula anterior.
Comentários dos alunos a respeito dos aspectos técnicos, filosóficos e éticos que eles experimentaram durante sua prática. Comentários a respeito do enfoque de previsão dos alunos, a partir de sua prática. Encerramento do curso.

Confira a Programação



Oficinas:


Reciclagens
Astrologia Clássica
Método Huber
Estrelas Fixas
Curtos Circuitos
O Fatum - Meio do Céu Evolutivo
Astrologia e Kabalah
Os 12 Trabalhos de Hércules
Astrologia e Florais
Prática de Aconselhamento Astrológico
Astrologia e Antropologia
Plutão
Urano
Netuno
Saturno



Conheça todos os cursos:

PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM ASTROLOGIA
clique nos cursos e conheça o conteúdo


    FUNDAMENTAL
curso seqüencial
INTERMEDIÁRIO
cursos paralelos
ESPECIALIZAÇÕES
ATIVIDADES
OPTATIVAS
cursos paralelos
NÍVEL
1
Semestre 1 Básico/Fundamentos História da Astrologia
Astrologia e Mitologia
Astrovivência
Semestre 2 Interpretação 1
Interpretação 2
Prática e Ética
Astronomia e Astrologia Oficinas Astrológicas
NÍVEL
2
Semestre 3 Previsão 1
Previsão 2
Regras de Morin
Prática da Interpretação
Oficinas Astrológicas
Semestre 4 Dinâmica 1
Dinâmica 2
Prática da Previsão Metodologia e Pesquisa
NÍVEL
3
Semestre 5 Astrologia e
Psicologia 1

Sinastria e
Relacionamentos
Astrologia Eletiva
Interpretação 3
Previsão 3
Prática do
Aconselhamento

Astrologia Vocacional
Astrologia e Psicanálise
Astrologia Cármica
Astrologia Horária
Astrologia Clássica
Astrologia e Saúde
Astrologia e Florais
Método Huber
Astrologia Esotérica
Astrologia Empresarial
Astrologia e Rec.Hum.
Astrocartografia
Astroterapia
Semestre 6 Astrologia da
Infância e
Adolescência

Dinâmica 3
Direções Primárias
Astrologia Mundial
Adm.Mkt. em Astrologia
Astrologia e Psicologia 2
Supervisão



Voltar Topo


Conheça os Professores da GAIA • Escola de Astrologia




© 2017 - Gaia Escola de Astrologia
Unidade SP - Rua Frei Eusébio da Soledade 74 - Vila Mariana - Cep: 04106-030 - São Paulo, SP - Tel: (11) 5084-3256